Sexta-feira é dia de que?

Sexta feira nos remete ao dia da libertação, da folga, da diversão. Nos lembra música, dança, diversão. A dança é considereda a forma mais completa de expressão… Ela aproxima, inclui… Então, conheça a oração da dança…

Anúncios

Descrição de imagens: Foto em preto e branco e, em primeiro plano,  um casal dançando à noite em uma rua de paralelepípedos. A sombra do casal está refletida nesta rua. A foto não destaca detalhes do casal. simplesmente a silhueta dos dois dançando…


Chega a sexta-feira e percebemos um clima diferente no ar… O refrigério da semana de muito trabalho… A noite cai e todos parecem abster-se de suas mazelas e preocupações rotineiras dedicando-se a diversão. Seja que diversão for: o chopp com os amigos, o vinho dos apreciadores, o cinema, o restaurante, o lar com os filhos, o suco e o sanduiche natural com sua tribo… Mas, de todas as formas de libertação, a dança é a mais completa. Une música, entrega de corpo, mente e alma. Uma das mais completas formas de expressão é o nosso destaque desta sexta… E você sabia que a dança tem sua Oração?

Oração da Dança

“Louvada seja a dança, que liberta o homem do peso das coisas materiais

E une os solitários, para formar sociedade.
Louvada seja a dança,

Que exige tudo e fortalece a saúde, uma mente serena e uma alma…
A dança significa transformar o espaço, o tempo e o homem,
Que sempre corre perigo de se perder ou ser somente cérebro,

Ou só vontade, ou só sentimento.
A dança, porém, exige o ser humano inteiro,

Ancorado no seu centro

E não conhece a vontade de dominar gente e coisas,

E não serve à obsessão de estar perdido no seu próprio ego.
A dança exige o homem livre e aberto,

Vibrando na harmonia de todas as forças.
Ó homem, ó mulher, aprenda a dançar,

Senão os anjos no céu
Não saberão o que fazer contigo!”

Fonte: http://www.ericorodrigo.com/ – Dança de Salão

Descrição de imagens: montagem de duas fotos em preto e branco. Um dançarino conduz uma dançarina cadeirante. Na primeira foto ele faz um passo da coreografia em que se senta no chão, sobre suas pernas e, vira a cadeira de rodas sobre seu corpo. Na segunda foto, em primeiro plano a dançarina cadeirante faz sua coreografia com o tronco e sorrindo. Atrás dela, o dançarino está de pé, pernas abertas, braços abertos e erguidos complementando a coreografia.


A dança liberta, aproxima, unifica, inclui, transforma… Aproveite sua sexta e seja feliz!

Por Lu Jordão

Autor: Duas Moda & Arte

Um espaço onde se fala em moda, arte, sustentabilidade, dignidade social e moda inclusiva. Amamos misturar moda e toda espécie de arte!

3 comentários em “Sexta-feira é dia de que?”

  1. Dançar! Dançar! E dançar! Eu amo dnça e acredito que nunca vou deixar de dançar na minha vida. Acho que é essa sensação que eles têm, sabe? Não importa sua limitação quem ama dançar vai fazer isso de qualquer forma e de qualquer maneira.

  2. Oi Meninas, esse post me fez pensar no meu irmão Alysson Amancio. Ele é bailarino, coreógrafo, professor universitário de dança e vem fazendo um trabalho maravilhoso, de base, com meninos e meninas dos bairro do Juazeiro do Norte, através da Associação Dança Cariri. Há muita coisa bacana em seus blogs, quando puder, pesquisa.

    Amei o post. Como sempre e isso me faz querer sempre estar aqui, acompanho o vocês.

    Beijos e boa semana.

    Alexandre Heberte.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s