Um Texto Sem Pretexto

Descrição da Imagem: Ilustração em fundo azul dando a idéia de céu. Em primeiro plano um galho branco e delicado  de árvore, com dois pássaros amarelos, lado a lado, um maior e outro menor. Sobre os pássaros a frase : “It’s The little things taht make life wonderfull” (São pequenas coisas que tornam a vida maravilhosa).

A FORÇA DAS CONEXÕES

Viver Só Não é Bom…

Ficar Só Faz Bem Em Alguns Momentos Da Vida

Porém, Dois, Em Concordância São Mais Fortes

Três, Quatro, Alguns, Muitos, Todos!

Parcerias: Laços Que Se Somam

Disseminando O Ideal, O Que Se Quer, O Que Se Acredita, Até Onde Puder!

As Redes Sociais Deram-Me Nomes:

Paulo, Marta, Deborah, Rosa, Clice, Guilherme, Fabrício, Carol, Paula, Joel, Marilia, Chloé, Juca E, Tantos Outros Tão Importantes! Alguns Ainda Sem Rosto Definido…

Entendi Que Isso Não É O Fundamental

A Força Vem Do Ideal, Das Palavras Escritas E Ditas

Compartilhadas Em Textos, E-mails, Depoimentos

Incentivo, Força, Descobertas, Ideias, Críticas, No #FF Do Twitter, No “Curtir E Compartilhar” Do Facebook

Descobri Que O Registro De Textos Faz Surgir Laços

Que O Blog É Uma Extensão Da Própria Vida Correndo, Urgente, Intensa

Que Por Trás Dos Nomes Descobertos Nas Redes Sociais

Existem Homens E Mulheres Com Vidas Cheias De Histórias

E Histórias Cheias De Vida!

De Alguns Ouvi A Voz, Vi O Rosto

De Outros Li As Palavras

Descobri Formas Intensas De Me Comunicar… Hoje Aprendo A Escrever Imagens, A Desenhar Textos… Aprendo Que Alguns Falam Com As Mãos…  Que Outros Lêem Com Os Dedos Ou Com Os Ouvidos… Aprendo Que Preciso Reaprender A Me Comunicar Diariamente, Abertamente, Sinceramente

Reaprender A Me Dar, A Receber, A Trocar… Aprendo Que Uma Comunicação Sem Limites É Libertadora! Aprendo Que Podemos Dar Novo Sentido A Quase Todos Os Órgãos de Nosso Corpo (Olhos, Mãos, Ouvidos, Lábios, Cordas Vocais, Pernas)… Mas Ao Coração, Só Um Sentido É Permitido: O Amor, O Ideal, O Desejo De Ver O Outro, De Ver A Vida, De Compartilhar, De Trocar, De Se Doar

Então Desejo Ser 2, 3, 4… Um Milhão Se Possível For ! Conhecendo Mais Que Rostos, Mais Que Vozes, Mais Que Palavras – Conhecendo O Todo! O Próximo!

E A Rede Cresce, As Conexões Fortalecem! Permite-Nos Fazer Refletir, Mergulhar…

Sou Incluída na Vida de Pessoas Especiais Através Do Blog… Quero Incluir! Naturalmente, Sinceramente, Eternamente!

A Rede, Que Juntos Formamos, Fortalece A Inclusão.

E Não Consigo Mais Desassociar Moda E Arte De Sustentabilidade. Acredito Cada Vez Mais Que Processos Sustentáveis, Baseiam-se Na Inclusão… Em Todas As Esferas!

E Se Você Não Entendeu Alguma Parte Deste Texto, Afirmo Sem Medo de Errar: É Necessário Ampliar Sua Forma De Se Relacionar, De Se Comunicar, De Ler, Ver, Ouvir E Sentir!

Reflorestando Nossos Cérebros Para Um Planeta Verde.

O Texto acima surgiu em uma noite em que o sono demorou… Aquelas noites que tiramos para refletir sobre a existência (nossa e de nossas coisas). Sim! Ele está com todas as palavras escritas em letra inicial maiúscula. Por que? Só para mostrar que mesmo sendo diferente, fora dos padrões comuns e das regras normalmente usadas na escrita, ele diz o que quer dizer. Que “o diferente” tem muito a dizer…

Lu Jordão

Anúncios

Autor: Duas Moda & Arte

Um espaço onde se fala em moda, arte, sustentabilidade, dignidade social e moda inclusiva. Amamos misturar moda e toda espécie de arte!

12 comentários em “Um Texto Sem Pretexto”

  1. QUERIDA,
    acordei e a primeira coisa que li foi o seu texto, que bom , que bom dia esse, obrigada por me incluir nesta vida virtual,e por ser tão atenciosa sempre, e por alegrar o meu blog com seus comentários doces .

  2. Lu,

    Seus textos têm a força da autenticidade, do que brota de dentro.
    Mas esse … bom, ele fala de algo que me toca profundamente, que é a rede.
    Há anos, quando estava começando a REINTEGRA, um projeto na USP que depois viria a ser a Rede SACI, pensei em redes e dai prás teias de aranha foi um pulinho (rs), completado por uma pesquisa na biblioteca da Psico, onde descobri que aranhas e redes têm tudo a ver. E uma amiga muito querida trouxe a poesia abaixo, que agora partilho nesse espaço de beleza, acolhimento e inclusão.

    Um beijo
    Marta

    IDENTIDADE
    São infinitos
    os possíveis arranjos de uma teia:
    como pode
    a aranha manter
    a identidade
    enquanto cria a teia
    num lugar determinado?
    e a teia fosse cuidadosamente planejada
    a aranha nunca encontraria
    o lugar ideal para tecê-la: e
    se a teia fosse
    perfeitamente adaptável,
    se liberdade e possibilidade não tivessem limite
    a teia
    perderia sua própria identidade
    A. R. Ammond

  3. Olá Lu, amei a descrição e a imagem! Agora é minha vez de dizer o que já disse e repito, sabes extrair das pessoas o que há de melhor e que é muito bom conhecer quem faz Bem, ter lhe conhecido através do nosso querido Paulo! Você faz um grande Bem nessa grande rede. Quase não conseguia ler o restante do belo texto. Guardarei com carinho suas palavras, fonte de energia positiva e amor ao outro. Beijo. Rosa.

    1. Paulo é o responsável por tantas pessoas especiais juntas, trocando, somando… Obrigada Rosa! E quanto a descrição, sempre fico com medinho de pecar, negligenciar… Mas, a vontade de comunicação sem barreiras é tão grande, que acabo arriscando!! Obrigada por me acolher com tanto carinho em suas redes sociais… Um beijo grande!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s