*Ateliê*

O que rola em nosso cantinho – Duas Moda e Arte, um espaço para criatividade! Aqui vamos compartilhar nossa rotina no ateliê e produtinhos novos.

Biombo Sustentável – Acompanhe passo a passo a criação de um biombo com materiais reciclados

5 de abril de 2011 | Por: Lu Jordão, Para Coletivo Verde

Vivemos na era do hiper-consumo, de produtos descartáveis e efêmeros. Todos nós sabemos que nosso planeta não vai aguentar esta situação por muito tempo e que se continuarmos a agir sem pensar no amanhã o nosso futuro será nebuloso.

Mas como garantir um futuro unindo a sustentabilidade econômica, ambiental e cultural? É fundamental mudar hábitos antigos e educar as novas gerações para uma relação mais saudável com o consumo, formando consumidores mais críticos e exigentes. Assim o conceito do “novo”, relacionado a “status”, será substituído pelo “novo” relacionado à “descoberta, criatividade, reutilização, reciclagem e sentimento”.

Pensando nesta problemática resolvemos compartilhar algumas experiências vividas em nosso ateliê, decidimos montá-lo sem comprar móveis novos. Nosso objetivo primário é gerar o menor impacto ambiental possível, então, partimos para a reciclagem e restauração e decidimos mobiliar o escritório com todos os móveis reciclados e restaurados.

 

Um outro olhar sobre o “novo”, aquilo que se renova sem que seja necessário consumir. E nossa primeira criação foi um biombo para dividir o escritório da área de corte e costura utilizando resíduos de piso laminado. Veja como nasceu o biombo sustentável.

Biombo Sustentável – Passo a passo

Materiais utilizados:

  • Oito partes de pisos laminados (resíduos de uma reforma, que seriam desprezados)
  • Espátula
  • Rolo
  • Tecido em algodão
  • Cola branca a base de água
  • Tinta branca a base de água
  • Dobradiças
  • Cola de madeira.

Unimos as partes de duas em duas, com cola de madeira, aproveitando o próprio encaixe do piso, formando quatro placas mais largas. Cobrimos com tinta branca a parte interna e escura do piso, para evitar sombra ao cobrir com o tecido.

Aplicamos cola branca com um rolo macio, cobrindo toda a placa e em seguida, aplicamos o tecido escolhido, usando uma espátula para auxiliar numa fixação perfeita e sem rugas.

Deixamos secar por 2 horas. Todo trabalho com tinta e cola à base de água tem secagem mais rápida

Após secagem cortamos todas as bordas e aparamos tudo bem rente a madeira com um estilete. Preparamos uma mistura de duas partes de cola branca para uma parte de água e, com rolo macio aplicamos sobre todo o tecido, principalmente nas pontas, evitando que desfiem.

Unimos com as dobradiças e, assim fizemos um biombo personalizado. O lado em tecido ficou para o ateliê. E, o lado de madeira, voltado para o escritório.

Preservamos as características do laminado, conseguindo um biombo dupla face e sustentável.

E esse foi mais um passo para cumprir nosso desafio em relação a consumo no ato de decorar. Sustentabilidade é formada por pequenas atitudes e uma delas é liberar a criatividade.

Fotos: Lu Jordão, Duas Moda e Arte

**********

Era uma casa muito engraçada…

5 de abril de 2011 | Por: Lu Jordão

Estamos em processo de montagem de nosso ateliê. E, colocamos como desafio as bases sustentáveis: reciclagem e restauração. Não queríamos comprar nenhum móvel novo! E, até o momento, não compramos… Vamos mostrar aos pouquinhos cada pedacinho dele. Hoje foi para o ar nosso artigo semanal para o Coletivo Verde, onde mostramos uma das peças do ateliê, o biombo sustentável. Veja aqui o passo a passo para criar o seu também!

Mas, queremos compartilhar aqui nossa nova paixão: uma parede! Tínhamos uma infiltração que foi sanada em uma das paredes do ateliê… Mas, as marcas estavam lá! Ela estava com aparência feia, descascada, pesando o ambiente… Decidimos criar uma parede só nossa, com nossa energia, uma cor só nossa… Tinta? Não! Comum demais…

O episódio me remeteu à deliciosa música de minha infância – A casa, do Toquinho. “Era uma casa muito engraçada… Mas era feita com muito esmero… ” Não importa como é a sua casa! Ela tem que ter muito de você, sua assinatura, sua identidade…

Então, decidimos: Nossa paixão, o craft, o tecido, o patchwork foi para a parede!

Antes, as marcas da infiltração… (bagunçadinho  mesmo! Estávamos em obra…)

Escolhemos o tecido, medimos, marcamos, idealizamos…

Começamos a aplicar o tecido, após cobrir a parte afetada da parede com massa…

Aparamos os cantos com estilete bem afiado e impermeabilizamos toda a área para evitar que desfie ou, excesso de sujeira.

E, para dar ainda mais destaque à estampa, colocamos algumas molduras vintage de gesso que pintamos com cores fortes…

No final do projeto literalmente abraçamos a parede! Eu e Cris, vibramos com o resultado final e com algo que é só nosso, que não encontramos em prateleiras, que traz amor e sentimento junto… Tenho “síndrome do diferente”… Amo personalizar! Entendo essa diversidade de possibilidades como um dos fatores mais agregadores da vida e, em todas as áreas. Ficou um cantinho no qual adoramos estar. Todos que nos visitam sentem-se aconchegados no espaço… E você, já criou um cantinho só seu, onde se sente bem? Compartilhe conosco!

 

Fotos: Lu Jordão, Duas Moda e Arte

 

Anúncios