Arquivo da tag: Artesanal

Decoração com tecidos sustentáveis – o novo luxo.

 

Deryn Relph é uma designer têxtil, com  amor à padrões de cor e textura e que acima de tudo, pensa criativamente sobre o uso de tecidos que ela mesma projeta e constrói.

A designer afirma: ” A versatilidade é algo que eu acredito ser importante, e estou interessada em pensar “fora da caixa” e assumir todos os desafios para que o meu trabalho têxtil seja a chave!  Questões que afetam o ambiente e design sustentável trato com o lema “Reduzir, Reutilizar, Reciclar” durante todo o processo, com o uso de capacidade técnica para auxiliar nas cores e  soluções.”

Deryn dedica-se muitas vezes a “re-inventar” mobiliários descartados, tornando-os desejáveis ​​em uma casa contemporânea. Escolhas atentas na seleção de fibras e fios que vêm predominantemente de estoques excedentes de fábrica.

Ela ainda afirma em seu site:  “A inspiração para o meu trabalho muitas vezes vem a partir de aspectos da natureza, particularmente estruturas, ou imagens científicas. Nostalgia e busca de uma resposta emocional para envolver o usuário com um objeto e desempenhar um papel – se algo nos faz feliz, ou nós amamos as memórias que ela traz, acredito que vamos valorizá-lo por mais tempo ao invés de enviá-lo para o aterro.   Retro influências são muitas vezes evidentes em meus projetos, inspirado em minhas memórias de infância e tempos felizes.

Preciso dizer que amei a dose de cor o e conceito consciente e emocional que permeiam todo o trabalho de Deryn? Paixão à primeira vista pelas cores e texturas que esta mulher consegue…

 

Harmonia nas cores, objetos e um design tão bem exercido que quebra todos os paradigmas sobre reutilização ou reciclagem…
Um show de formas e cores nas luminárias…
Sim! São tecidos recriados a partir de sobras têxteis… Luxo!
Apaixonou-se como eu me apaixonei? Saiba mais sobre Deryn Relph .
Por Lu Jordão
Anúncios

1 comentário

Arquivado em Arte, Decoração

Usando Paredes com Estilo

Quantas vezes nos deparamos com uma parede vazia num dos cômodas da casa, imaginando o que comprar para decorar?? Pois bem, ela pode ser ocupada com muito estilo por objetos que você já tenha em casa… Acessórios, itens que você coleciona, lembranças de viagens e até mesmo na falta de armário no closet, você pode pendurar bolsas e sapatos na parede com muito estilo… Quando usamos itens pessoais na decoração de um espaço, conseguimos imprimir nossa personalidade e estilo em nosso cantinho… Então, inspire-se!!

Um vestido na parede da sala de estar… Estilo próprio.

Um vestido, uma moldura antiga e uma parede do quarto acolhedora…

Bolsas e chapéu expostos na parede, em evidência…

Sem sapateiras! Sapatos expostos na parede com auxílio de sancas ou molduras…

Em homenagem aos pequeninos vale o nome com objetos que refletem sua história, quadros com roupinhas da Barbie ou deles quando bebês, desenhos feitos por eles… Tudo isso reflete a alegria de ter crianças em casa!

Coleções de objetos (chaves, aventais, gaiolas, panelas, pratos e acessórios) ganham destaque em interiores e exteriores revelando estilo e personalidade em nosso cantinho…

Obviamente que os retalhos de tecido não poderiam ficar de fora… Arrumados sobre a parede, trazem cor e estilo. Os tecidos são versáteis, de fácil aplicação e manutenção. Aqui no post Era um casa muito engraçada, damos o passo a passo de como transformar uma parede sem graça em um ambiente muito especial! Relembre clicando no link.

O fato é que decoração sustentável, além de beneficiar o meio ambiente, estimula criatividade, estilo e, no lugar de sairmos desarvoradamente consumindo itens em lojas e mais lojas, podemos lançar mão de objetos especiais para criar ambientes que traduzem nossa história e estilo de vida. Inspire-se e mãos à obra!

Se você tem cantinhos criados por você compartilhe conosco! adoraríamos publicar as criações que podem inspirar e incentivar outras pessoas.

Lu Jordão

2 Comentários

Arquivado em Decoração, Uncategorized

SPFW – Arte Tribal Indígena por Tufi Duek – Reciclagem e Arte!

É isso mesmo! A arte indígena foi a inspiração para a coleção de Tufi Duek na temporada de moda em São Paulo. Materiais 100% naturais, plástico reciclado numa deliciosa tecelagem tecnológica, látex e paetês em cores inusitadas – preto, branco, laranja, limão e urucum, trouxeram uma tribo fashion que chama para pensar em uma moda com bases mais conscientes.
(para ampliar, clique nas fotos!)
O  mood étnico provou como fazer uma moda com matéria prima natural sem cair no óbvio ou artesanal sem estilo e design… A coleção surpreendeu em formas, texturas e cores, servindo de inspiração para aqueles que querem se dedicar a uma moda ética além da estética. Curtimos demais o desfile de Tufi Duek, sob a direção de estilo de  Eduardo Pombal e Styling de Flavia Lafer.
Por Lu Jordão

Deixe um comentário

Arquivado em Arte, Moda

Decorando com Papel…

E em nossa fábrica de idéias, vulgo Ateliê da Duas Moda e Arte, a Cris iniciou um exercício com papéis… Isso mesmo! Tipo brincadeira de criança na aula de Artes… Uma delícia! E olha o que surgiu por lá para decorar de maneira singela porém eficiente, o almoço de aniversário da filhota…

Na foto acima, flores em papel de seda para pendurar e para mesas… Cor e delicadeza resultado da dobradura.

Flores de papel para a mesa, delicadas ou grandes… Um toque de cor e modernidade.

Decorar com papel – eventos e pequenos ambientes – é uma arte colorida, delicada e que proporciona um visual bastante refinado, eficaz e econômico. Separamos alguns exemplos para inspiração, fotos daqui .

Série Pom Love

Fica a dica pra quem quer voltar aos tempos de criança, dobraduras, manuseio de papel, cola e tesoura… É possível fazer muita coisa linda com criatividade e folhas coloridas de papel… Até mesmo os papéis que sobram dos presentes ou, aqueles mais variados que vem das lojas embrulhando as roupas… A Cris experimentou e nós, da Duas, amamos o resultado!!

Por Lu Jordão

2 Comentários

Arquivado em Arte, Decoração, Uncategorized

Decoração Sustentável – Exemplos Práticos

A melhor definição que encontramos para o termo decoração sustentável é: aquela que diminui o impacto no meio ambiente e valoriza peças que contenham história.

A primeira opção é nunca pensar em trocar todos os móveis do ambiente. Renová-los com tecidos, tintas a base de água, adesivos é um processo de restauração prazeroso, criativo e que pode traduzir seu estilo também em seus ambientes.

No exemplo acima a parede ganhou uma árvore com retalhos de tecidos. Na segunda foto, mesa e porta-retratos foram restaurados a partir de revestimento de tecidos (peças da Duas, pela artesã Cris Jordão).

Um banco restaurado com tinta a base de água, retalhos de tecidos e fitas, por Cris Jordão do Ateliê Duas.

Nem os espelhos dos interruptores se perdem… Ganham nova vida com forração de retalhos de tecidos, por Cris Jordão, do Ateliê Duas.

No caso de precisar adquirir novos móveis, o ideal é buscar lojas que trabalhem com objetos antigos ou de demolição. A restauração de mesas, cadeiras, portas, janelas que existe nestes locais é pura arte! É possível descobrir verdadeiras raridades e ainda colaborar com o meio ambiente.

Mesa e banco com madeira de Demolição, trazendo um estilo rústico equilibrado com peças coloridas e delicadas.

Agora se você é daqueles que não abrem mão de móveis novos, nossa dica é que procure lojas que trabalhem com madeira certificada, evitando que seus recursos alimentem o comércio ilegal de madeira e incentivando estas lojas  que revendem produtos certificados.

Outra forma de exercer a Decoração Sustentável é com o uso de materiais alternativos: fibra natural, couro ecológico, pneus reciclados, fibras obtidas por garrafas pets, aço inox, borracha reciclada e, tudo o que seria considerado lixo, que através do re-design, ganha nova vida.

Pufs e cadeira confeccionados com lona de caminhão reciclada

Neste ambiente o pallet foi utilizado como mesa de centro. A delicadeza foi adquirida com o branco em todo o ambiente… Nem se percebe o objeto antes pesado e agora restaurado e em harmonia com a decoração.

A aquisição de produtos artesanais e de cooperativas também é uma das bases da decoração sustentável. Geralmente são feitos a partir de matérias recicladas e geram rendas para as famílias de pequenas comunidades. Essa é uma das bases da sustentabilidade o que prova também que esse não pode e nem deve ser um movimento elitizado. Ele engloba e favorece todas as classes sociais.

Lustre de garrafas pet, do Ateliê de Thiana Santos, no Recife

Resumindo: O consumo consciente, comércio justo, re-desing e muita criatividade são as bases de decoração sustentável. Insipire-se e renove seu ambiente com poucos recursos financeiros e preservando os recursos naturais.

Por Lu Jordão


5 Comentários

Arquivado em Decoração, Uncategorized

Inspiração – Nós Gostamos…

Este é um momento de expressar um pouquinho do que amamos, do que acreditamos e de como sentimos nosso trabalho… Com imagens e palavras, traduziremos um pouco daquilo a que temos nos dedicado neste último mês. A montagem de nosso cantinho, nosso Ateliê. Muita restauração, reciclagem, mistura de cores, formas, texturas… Nosso ninho, que em breve compartilharemos com vocês.

Nós Gostamos de…

Tecidos – com ele recriamos móveis com estilo próprio e único, reinventamos rapidamente ambientes, trazemos cor, luz, alegria…

Papel – Criatividade escrita, cortada, rasgada, colada para adultos e crianças…

 

Linhas, botões, aviamentos – Brinquedos de quem ama craft, moda, arte… Brincadeira dos 8 aos 80 anos… Costura, trico, crochê, bordados – o que sua habilidade permitir… Fazer de um fio seu projeto mais arquitetônico e luxuoso – o luxo da criação, da construção, da reconstrução… Do antigo tirar o novo!

Cores e formas – mistura de formas, cores, estampas, molduras… De um nada, pintar um quadro, criar um cantinho único. Perfeito por que custou caro? Por que é novo? Não! Porque tem sentimento. Sentimento de quem cria e de quem ama a cada criação como se fosse a única. De quem não curte descartar… Amor verdadeiro de quem ama reinventar!

 

Restauração – Quem restaura retoca a beleza que já existe, recupera o vigor, a energia, extrai novo esplendor… Quem restaura tem sentimento pelo que está sendo restaurado… Não procuramos beleza naquilo  que não amamos ou no que não acreditamos… Quem restaura faz um gesto de amor por si (seus ideais), por aquilo que está sendo restaurado e, por quem vai receber o novo, o lapidado e cheio de sentimentos. Trabalho meticuloso, de dedicação, de entrega… Com cor, textura, encanto… Amamos restauração!

Por Lu Jordão

Imagens: http://www.skonahem.com

 

Deixe um comentário

Arquivado em Arte, Decoração, Moda

Moda e Arte por Ronaldo Fraga

A dobradinha que amamos, mais uma vez foi a visão do estilista Ronaldo Fraga (Ele respira arte em sua moda!). Junto com o Minas Trend Preview, Ronaldo promove a exposição Rio São Francisco Navegado por Ronaldo Fraga: Cultura Popular, Moda e História.

Instigante, a exposição introduz o público num mergulho no processo de criação do estilista mineiro… Esta é a melhor maneira de conhecer a moda, a arte! Ronaldo tem uma pegada totalmente artesanal em suas coleções, vinculando sua obra e coleções aos traços de nossa cultura. Sua moda tem identidade totalmente brasileira fruto de sua criatividade única com assinatura incomparável.

A preocupação com o meio ambiente e a valorização do artesanal, do feito a mão, dos grupos locais com dons delicados – rendas, bordados, imprimem um estilo único e agregam  valor imensurável a sua moda. Eu, Lu, tenho profunda admiração por seu processo criativo.

Os peixes (aproximadamente 1000 peças) presos ao teto no cenário da entrada da exposição, são feitos de garrafas pet. Uma forma de chamar a atenção para a preservação do meio ambiente. A moda pensando em sustentabilidade!

Os modelos da exposição são parte da coleção de 2009 inspirada no Rio São Francisco.

Serviço:

Rio São Francisco Navegado por Ronaldo Fraga: Cultura Popular, Moda e História
Horário:  de terça a sábado, das 9h30 às 21h; domingo das 16h às 21h; até 28 de novembro
Local: Galeria Alberto da Veiga Guignard / Palácio das Artes (av. Afonso Pena, 1.537) – Belo Horizonte/MG
Entrada franca

Post by Lu Jordão

Fotos: Vogue

3 Comentários

Arquivado em Arte, Moda